terça-feira, 6 de junho de 2017

‘O BRT não vai existir na nossa capital’, diz presidente da SMTT de Aracaju

05/06/2017 -  G1 SE

Novo modelo de mobilidade ainda será definido.

Em entrevista ao jornalista Ricardo Marques, o presidente Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT), Aristóteles Fernandes falou sobre o remanejamento de radares em Aracaju e destacou que a capital não vai ter BRT (Bus Rapid Transit), como foi inicialmente planejado pela gestão do ex-prefeito João Alves Filho (DEM).

Segundo o presidente, todos os locais onde os radares são instalados foram determinados de acordo com relatórios com números referentes aos acidentes nos locais. “Eles ainda não estão autuando, pois existem procedimentos a serem realizados. E não estamos remanejando aparelhos com o objetivo de atuar. Estamos iniciando um processo de instalação de equipamentos, que só irá multar depois que for aferido”, destacou.

Sobre a instalação do BRT, ele resumiu: “os corredores das faixas azuis permanecem como antes. Era para definir em maio se eles continuavam, mas ainda não foi definido. Então eles permanecem. Mas o BRT não vai existir na nossa capital, pois ela não comporta” finalizou.


Superintendente da SMTT de Aracaju esclarece dúvidas de telespectadores

Nenhum comentário:

Postar um comentário