quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Emdec avança na limpeza de leitos para implantar BRT em Campinas

30/08/2017 - Metro

Por Metro Jornal Campinas 

A Emdec – empresa que gerencia o trânsito de Campinas (interior de SP) – finalizou nesta terça-feira a limpeza de um trecho de 5 km da área do antigo leito do VLT (Veículo Leve Sobre Trilho). O local irá receber o BRT – o sistema de corredores exclusivos de ônibus que vai ligar o centro aos distritos de Campo Grande e Ouro Verde.

O trabalho foi feito na região dos bairros Bonfim e Jardim Miranda, próximo ao  viaduto da Rodovia Anhanguera. De acordo com a Emdec, já foram removidos 277 postes e demolidas três estações do VLT. Restam 2,5 km para a limpeza.

As obras de implantação do BRT estão previstas para começar na segunda quinzena de setembro. A previsão é que o trecho completo – que terá 36,6 km de corredores – será entregue em 2019.

O BRT campineiro, que será chamado de Rapidão, irá beneficiar cerca de 450 mil pessoas que residem nos distritos do Ouro Verde e Campo Grande. 

Obras

Segundo a Emdec, o canteiro de obras e o trecho que recebe os trabalhos fazem parte do Lote 1 – que compreende o trecho do Corredor Campo Grande, que é a ligação entre a região central até a Vila Aurocan, com extensão de 4,3 km; além de todo corredor perimetral, com 4,1 km. O trajeto passa sob vias importantes, como as avenidas Lix da Cunha e John Boyd Dunlop.

O sistema BRT prevê veículos articulados ou biarticulados; estações de transferência; corredores exclusivos com espaços para ultrapassagens; embarque e desembarque.

Há dois meses, a prefeitura declarou 23 áreas de utilidade pública – que juntas  somam cerca de 13 mil m2, em diversas regiões da cidade. As glebas serão desapropriadas para que nos trechos seja implantado o sistema do BRT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário